Últimas Notícias

Publicada em 14/12/2013 - 11h09
Por Francisco Alves

Polícia mata 05 assaltantes do Bradesco de Ararendá no Ceará

Um policial também foi morto durante confronto com os bandidos. Parte do dinheiro foi recuperado e várias armas foram aprendidas.


publicidade


Imagem: Reprodução Polícia mata 05 assaltantes do Bradesco de Ararendá no Ceará Bandidos mortos durante o confronto com a policia

Pelo menos cinco bandidos envolvidos no assalto ao caixa do Bradesco Expresso da cidade de Ararendá, distante 334,2 km de Fortaleza no estado do Ceará, morreram numa intensa troca de tiros com a polícia, por volta das 12h, da última quinta-feira, 12 de Dezembro. O assalto aconteceu na última quarta-feira (11).

Um policial militar já teria morrido durante confronto com os bandidos na zona Rural de Ipueiras. Após a morte do policial, foi intensificada a caçada aos bandidos e em um matagal na localidade de Santa Maria, durante novo confronto, pelo menos 05 assaltantes tombaram sem vida. Além dos 05 assaltantes mortos, várias armas foram apreendidas e cerca de R$ 58 mil reais foi recuperado.

» Siga-nos no Twitter

» Curta nossa Fan page no Facebook

Os mortos durante o confronto com a policia são eles: Essino Melo Coutinho, 39 anos, natural do Rio de Janeiro, residente na cidade de Novo Oriente-CE; Francisco Alisson dos Santos, 28 anos, natural de Quiterionopolis, residente em Bezouro, zona rural de Quiterionopolis-CE; Cláudio Chaves Coutinho, 32 anos, natural de Crateús e residente em Bezouro, Quiterionopolis-CE e Dieme Sousa Ferreira, 27 anos, natural do Rio de Janeiro, mas residia no Bairro Piracicaba, Santa Quitéria-CE. O outro morto ainda não foi identificado.

ESTATÍSTICA:

Dados comprovam que não é aconselhável matar policial, pois se um policial tombar, três bandidos irão pagar. Nem sempre é essa a proporção, às vezes tem juros e correção. Vejamos essa informação: No dia 27 de fevereiro de 2012, um assalto ocorrido contra a agência do Banco do Brasil de Catarina na Região dos Inhamuns, deixou um policial morto. A reação veio com uma intensa caçada policial ao bando e uma semana depois no dia 03 de março, quatro assaltantes tombavam sem vida na localidade de Ebron, na Zona Rural de Acopiara.

Agora foi a vez de Ararendá no Sertão de Crateús. No assalto praticado contra o caixa do Bradesco daquela cidade, culminou com a morte de um policial militar durante confronto com os bandidos na zona Rural de Ipueiras. Desta vez a ação foi bem mais rápida, menos de 48 horas após o ocorrido, a reação da polícia foi implacável, deixando cinco assaltantes mortos.


Fonte: Com informações do Repórter: Lindon Johnson
Editor: Francisco Alves


Tópicos: assalto, policia, ceará, bandidos, bradesco

Avaliação:

publicidade



Comentários

  1. wilguslan - novo oriente/CE
    14/10/2014 às 10:22h
    bem feito matar esses otarios
  2. eliane - barbalha/CE
    01/05/2014 às 14:32h
    esse bandedom e muito cara de pau as policia nem corri a tras e nem prende eles nem ficar de madrugada nas rua vigiando minha mae pagou para ele vigiar a milha casa as policia nem vigia nao que nada da vida
  3. suele - teresina/PI
    17/12/2013 às 14:18h
    Não justifica tirar a vida de ninguém, mas porque será que só tem resposta quando matam um policial, e quantas vidas tiradas de mulheres, de crianças de pessoas humildes e não fazem nada... E quanto aos ladrões de colarinho branco, do palácio central, rombam e fica por isso mesmo, ta bom de rever essas leis...
  4. juaras - sobral ce/CE
    16/12/2013 às 10:38h
    isso pode servir de exemplo para os bandidos, para eles pensar duas vezes antes de matar um policial.
  5. Dhone - ipueiras/CE
    16/12/2013 às 02:39h
    O policial morreu dignamente defendendo o patrimônio era pta ter matado todos pena que não deu
  6. Barbara - cAMOCIM/PA
    14/12/2013 às 15:50h
    Por mais que eles roubaram não mereciam morrer , ttodos morrem mais niguém merece morrer por brutalidadee ! castigooo , gente olhaa que Deus também, faz justiiça por matarem seus filhos poooor dinheiro!